São Vicente terá novo abrigo temporário para moradores de rua durante a pandemia do Covid-19

O prefeito Pedro Gouvêa assinou um decreto que define medidas de ações humanitárias, prevenção e enfrentamento ao coronavírus. Entre as ações está a criação de um abrigo para a população em situação de rua, inclusive, aos que apresentarem sintomas da doença, possibilitando o isolamento.



O abrigo provisório será instalado na EMEF Augusto de Saint Hillaire, no Catiapoã. No local, que está sendo estruturado, também haverá espaço para isolamento de pessoas que apresentarem sintomas da doença. A previsão é que seja aberto nos próximos dias. O Comitê Municipal de Saúde da Covid-19 realizará atendimento no abrigo, encaminhando para exames e internação os casos necessários.


Os serviços oferecidos à população de rua seguem normalmente. O acesso se dá por meio do Centro de Referência Especializado para População de Rua, onde são atendidos por assistentes sociais, que avaliam as necessidades, encaminhando-os aos serviços disponíveis de acordo com cada situação. No local, há espaço para higienização pessoal e também é servido café da manhã.


Também foram adotadas medidas para prevenir o coronavírus em todos os equipamentos voltados ao atendimento de pessoas em situação de rua no município. Entre elas, o reforço na higienização dos espaços em comum e orientação sobre a necessidade de evitar aglomerações e manter as mãos higienizadas sempre que possível.


fonte: Jornal Vicentino

0 comentário